sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Resenha: Wild Rose Balm, da Phoenix Botanicals

Sou fã de protetores labiais desde a época do colégio e pude comprovar na prática que a classificação dos ingredientes faz mesmo uma diferença marcante no resultado final. Quando usava protetores labiais convencionais — formulados à base de derivados de petróleo (identificados como óleo mineral ou paraffinum liquidum, entre outras denominações) —, eu sempre notava que eles perdiam o efeito rapidamente e precisam ser constantemente reaplicados, enquanto os produtos naturais ou (de preferência) orgânicos efetivamente deixam meus lábios hidratados por várias horas consecutivas.

Wild Rose Balm, da Phoenix Botanicals
Clique na imagem para ampliar [Foto de Michelle C., Tantas Plantas]

Graças à internet, é relativamente fácil encontrar uma enorme variedade de produtos estrangeiros e genuinamente “naturebas” que podem ser enviados para o Brasil. Minha aquisição mais recente foi o Wild Rose Balm (Bálsamo de Rosa Mosqueta), de uma marca nova-iorquina chamada Phoenix Botanicals. Fiquei tão satisfeita com esse produto que o considero o melhor protetor labial que já experimentei. Melhor ainda, na realidade ele é muito mais do que um protetor labial orgânico: pode ser usado também em outras partes do corpo e do rosto, incluindo a pele sensível da área ao redor dos olhos.

O produto tem uma tonalidade amarelada e uma consistência bem macia. Possui um aroma delicado e deliciosamente suave de rosas de verdade. Não tem gosto nenhum e não fica nada grudento. O resultado é discreto, acetinado em vez de brilhante, um acabamento que acho perfeitamente adequado também para homens. Tenho passado o Wild Rose Balm diariamente há duas semanas, e os meus lábios nunca estiveram tão confortáveis, sem o menor sinal de descamação.

Além disso, o inverno aqui no Rio tem estado estranho, com dias quentes seguidos de dias abruptamente frios e secos. Por causa dessas oscilações, alguns pontos do meu rosto ficaram sensibilizados e ressecados em duas ocasiões, mas esse bálsamo conseguiu resolver essa situação em pouquíssimo tempo.

Copiei abaixo a lista de ingredientes, traduzida.
Fresh wild rose petals / pétalas frescas de rosa mosqueta, organic olive oil / azeite de oliva orgânica, beeswax / cera de abelha, organic shea butter / manteiga de karité orgânica, organic rosehip oil / óleo de rosa mosqueta orgânica, organic rose essential oil / óleo essencial de rosa orgânica, vitamin E / vitamina E.
De acordo com a fundadora da Phoenix Botanicals, pelo menos 80% dos ingredientes são orgânicos. O prazo de validade é de no mínimo 12 meses, e os balms são produzidos artesanalmente, em lotes pequenos.

Outro atrativo do Wild Rose Balm é a sua embalagem, totalmente feita de papel 100% reciclado, moldado num formato semelhante ao de uma bisnaga de creme dental, mas com uma tampa diferente, de encaixe simples. O conjunto, devidamente patenteado, é arrematado com adesivo orgânico. Apesar do material teoricamente frágil, é bastante resistente e mantém o seu conteúdo bem protegido. Gosto muito também da inspiração retrô com que foram diagramadas as informações sobre o produto, impressas na cor preta sobre um fundo branco.

Na foto acima aparecem um item fechado e um aberto. Para utilizar o Wild Rose Balm, basta apertar levemente a extremidade mais fina da bisnaga; o produto se desloca instantaneamente num bloco inteiriço.

A embalagem é de fato um grande diferencial, não só por ser 100% biodegradável, como também por permitir o acesso a todo o seu conteúdo, evitando qualquer tipo de desperdício. E vem com 6g de balm, bem mais do que os 4,25g dos tubos de plástico habituais — parte dos quais acaba sempre sendo jogada fora, pois fica escondida no mecanismo que faz os protetores labiais comuns girarem para cima e para baixo.

A Phoenix Botanicals oferece também outros três balms no mesmo formato: Cloven Hoof, Wild Mint e Little Wing. No entanto, esses são lip balms, ou seja, exclusivamente voltados para os lábios; não têm a característica multiuso do Wild Rose Balm. Todos podem ser comprados diretamente na loja virtual da marca (http://www.etsy.com/shop/phoenixbotanicals, dentro do portal Etsy), pelo preço unitário de US$6,50, ou na butique online Spirit Beauty Lounge, por US$8,00 cada. Ambas entregam no Brasil e de tempos em tempos divulgam promoções em suas respectivas páginas no Facebook.

A responsável pelo desenvolvimento e a preparação das fórmulas é Irina Adam, uma jovem herbalista moradora do Brooklyn que criou a Phoenix Botanicals em 2005. Por coincidência, ela me disse que já esteve no Rio de Janeiro em 1999/2000 e adorou a cidade. Foi um prazer conversar com ela por email, uma experiência de atendimento ao cliente muito simpática e eficiente.

E a marca tem outros produtos além desses, todos elaborados à mão com flores ou folhas de plantas medicinais silvestres e locais, conscienciosamente colhidas em seu hábitat natural pela própria Irina.

[ATUALIZAÇÃO (16/01/13): O Wild Rose Balm também pode ser usado por crianças. E eu continuo muito satisfeita com o produto, que tem dado ótimos resultados também quando usado nas unhas e nas cutículas. Já o recomprei algumas vezes, inclusive para dar de presente. Atualmente a loja online da Phoenix Botanicals está cobrando por ele os mesmos US$8,00 da Spirit Beauty Lounge. No site da marca também é possível comprar o Wild Rose Balm com outros tamanhos, preços e embalagens: tubo de plástico preto reciclado, latinha de metal, pote de vidro, kits com múltiplos ecotubes (ecotube é que o nome da bisnaga de papel reciclado mostrada na foto que ilustra esse texto). Para vê-los, basta procurar o produto pelo nome nas seções “Herbal Lip Balms” e “Herbal Healing Balms”.]

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

LEIA TAMBÉM:

“Resenha: manteiga nutritiva para mãos e rosto Vanilla Butter, da Phoenix Botanicals”
“Resenha: perfume botânico Bonfire Rose, da Phoenix Botanicals”
“Resenha: óleo de rosa mosqueta Rosehip Oil, da Neal's Yard Remedies”
“Resenha: óleo corporal Rose Body Oil, da Dr. Hauschka – para adultos, crianças e bebês”
“Resenha: Óleo Facial Pele Madura Noite e Óleo Facial Pele Oleosa Dia, da Sachi”

4 comentários:

Heglaé Maia disse...

Ai, q amor. Realmente o que vc falou é verdade sobe os lip balms convencionais. Tenho um aqui da MAC, que não dá nem 2 horas, parace que meu lábio está seco de novo. Eu tenho aqui os balms da Ikove, mas quero gastar primeiro o que eu tenho aberto aqui. E eu amo Etsy. Fiz duas compras lá e estou esperando chegarem antes de comprar mais coisas.
Ah, vc conhece a rede social Healthy Beauty Social? É bem legal!
:*

Michelle C. disse...

Também comprei um balm da Ikove, mas também ainda não experimentei. Parece ser bom, né?

E não conhecia essa rede social, vou visitar, obrigada pela dica!

Anônimo disse...

I love White Rose Butter from Phoenix Botanicals, I been wanting to check this one for my lips, seems pretty nice...

Michelle C. disse...

I love the White Rose Butter too, there is a little jar by my computer right now :) The Faerie Balm is also very good.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...